Morreu Manuel Reis, uma das figuras mais conhecidas da noite lisboeta

O empresário Manuel Reis, fundador do Lux-Frágil, um dos espaços noturnos mais emblemáticos de Lisboa, morreu este domingo em Lisboa.

Segundo fonte da discoteca, a cerimónia fúnebre está marcada para terça-feira à noite no Teatro Thalia, em Lisboa, em hora a anunciar.

“Foi hoje, em Lisboa, a cidade que ele escolheu. A cidade que agora se despede de um dos seus maiores inventores. O Manuel fez maior esta cidade, o nosso mundo e as nossas vidas também”, afirma o Lux-Frágil em comunicado.

Manuel Reis, que morreu vítima de doença prolongada, era considerado uma das figuras mais discretas e emblemáticas da vida cultural noturna de Lisboa desde a década de 1980, inicialmente no Bairro Alto, onde fundou a discoteca Frágil, e mais tarde junto ao Tejo.

Nos anos 1990 – cumprem-se agora vinte anos -, Manuel Reis abriu em Santa Apolónia a discoteca Lux-Frágil e mais recentemente o Rive-Rouge no Mercado da Ribeira, ambos em Lisboa.